sábado, 7 de maio de 2011

   Dobradinha do dia. Melhor de duas. Leve uma e pegue mais uma. Cá estou a fazer um post seguido de outro porque quero falar de umas coisas que constatei de uns dias pra cá.
   Eu constatei recentemente que eu não sou interessante. Isso mesmo que você está lendo. Eu não sou interessante. Agora você pensa que eu devo estar me fazendo de coitadinha só pra ganhar mais visitas aqui ou que estou sendo patética e blá blá blá whiska sachê. MAS NÃO! NÃO ESTOU ME FAZENDO DE COITADA, AINDA MAIS QUE NO MÁXIMO UMAS 10 PESSOAS JÁ LERAM ESTE BLOG EM TODA A SUA PEQUENINA EXISTÊNCIA, DE MODO QUE ESTOU POUCO LIGANDO PRA ESTE FATO PORQUE EU TENHO ISSO AQUI PRA MEU PRÓPRIO DELEITE.
  Mas enfim, continuando ... constatei que não sou interessante á primeira vista, sacou ? Meu cabelo é crespo com final de relaxamento, não sou uma menina que você vá trovar na escola, não uso maquiagem marcante, nunca pintei meu cabelo, meu orkut não é bombado, não sou cdf, não sou popular, não tenho twitter (acabei de excluí-lo), não tenho tumblr, não tenho formspring, não tenho fotolog, não sou normal, não tenho gostos normais. Resumindo, eu não sou deste mundo. Não, brincadeira. Resumindo, eu não uma pessoa que tu vai ficar marcado logo na primeira vez. Vai ter que se arriscar e ver qual é a minha.
  E sabe, acho que é isso que falta pras pessoas hoje em dia. Tem gente que olha o perfil da pessoa no orkut ou em qualquer rede social maldita, vê que parece ser uma pessoa popular, tri marcante, e vai lá e adiciona a pessoa. Agora, eu quero ver desenvolver assunto com a pessoa, quero ver cumplicidade rolando. E é pra ontem isso,hein ...
 Eu acho desnecessário Formspring. Mas desnecessário pra mim e pra você que está forever alone pelos cantos. E pra pessoas sem nada a acrescentar também. Sério, parece revista de fofoca. " É verdade que tu deu pro fulano?", "A gente tem que dar mais valor às pessoas a nossa volta, concorda?" , " O jeito é dá uma fugidinha com você... Pra quem você dedica?" , sem contar as ameaças e xingamentos de pessoas anônimas   ( trouxas covardes), são os muitos impropérios e disparates que rolam por lá. Sabe por que eu não tenho forms ? Porque eu não tenho ibope, e só ia ter pergunta idiota enchendo linguiça master.
 Já me incomodei também muitas vezes com o orkut. Eu vou no orkut de alguém para ver se eu conheço, daí eu vou ver as fotos e elas estão restritas aos amigos. PORRA, TÁ NO ORKUT, MOSTRA AS FOTOS. QUEM INVENTOU ESSE NEGÓCIO DE FOTOS RESTRITAS É UM COMPLETO IDIOTA. E SE EU ADICIONO A PESSOA ASSIM MESMO, ACHANDO QUE É UM CONHECIDO, QUANDO NA VERDADE EU POSSO ESTAR CAINDO EM UMA ROUBADA ?
  Me incomoda no orkut aquelas comunidades de "Ele diz, ela diz" e aquelas listas enormes de coisas que você tem que entrar na comunidade pra saber como continua. Só gente sentimentalóide e idealizando amores perfeitos é que participam da primeira comunidade; só gente curiosa participa das comunidades com essas malditas listas. Outro negócio é jogar Fazenda Feliz, Café Mania e seus semelhantes. Pra uma criança, é bonitinho, mas PRA UM ADULTO SÉRIO ISSO É DESCONEXO. Eu conheço várias pessoas que com certeza já passaram dos 30 e ficam jogando isso. A tia de uma prima minha tá no nível 160 da Fazenda, ou seja, ela não faz mais nada da vida a não ser jogar Fazenda Feliz. Minha senhora, isso não dá futuro, pode ser ?
  Outra rede social que me incomoda é o Tumblr. Ah, essa eu me incomoda mesmo. Olha só: a pessoa fica o dia inteiro olhando fotos e gifs maneirinhos para reblogar e reblogar e reblogar e reblogar .... Tá, chega disso. Ninguém escreve no Tumblr, vamo falar a verdade. São raríssimas as pessoas que escrevem. É tudo um sistema de copiar da cópia da cópia da cópia da cópia do Tumblr lá do quinto dos infernos. Isso é maçante, não entendo como não enjoam. O que eu mais vejo no Tumblr são gifs com os caras do Supernatural fazendo caras e bocas, fotos apaixonadas e românticas e frases sentimentalóides. Como se fossem achar o amor à cada esquina e que o mundo é colorido. Tem gente que tem a capacidade de me contar piada de Tumblr. Se eu quero ouvir piada, eu peço pro meu primo de 9 anos contar que se sai muito melhor.
  E o Twitter então ? Ontem mesmo, eu tava lá no Twitter vendo as atualizações, fazendo reply, fuxicando no perfil dos outros ( como eu sou idiota ), e eu percebi que tem trocentos negos no negócio e ninguém me dá a mínima bola. Então, se eles não me dão bola, eu não tenho que dar bola pra eles. Daí decidi excluir meu Twitter. Cansei de atualizadas de Tumblr ( ¬ ¬' ), piadas de futebol e tweets tipo " vou dormir agora, beijos.". Chega a ser cansativo. E cansa os olhos.
  E, por último, deixei o Facebook. Por enquanto tá engatinhando aqui, parece legalzinho até, por enquanto não tá cansativo. POR ENQUANTO, repito. Todo dia recebo trocentas solicitações pra ajudar em Farmville ou na Mafia Wars. E excluo todas.
  Esses dias, minha mãe tava separando uns jornais pro lixo. E me umas crônicas pra ler. Uma delas tinha o seguinte título : " Eu (não) quero ter um milhão de amigos." . Interessante,não ?
  Qual a moral disso tudo? As pessoas fazem tudo pra aparecer e conquistar não amigos, mas sim fãs, que os adoram sem questionar. Também ensina que as pessoas são alienadas, que tem cabeça fraca e que são movidas a interesses superficiais. E que tem uma visão da vida que não é 360º.
  Há tempo, eu tava lendo uma revistinha que falava sobre redes sociais. E tinha uma reportagem que falava das pessoas que não são dependentes das redes. Uma guria dizendo que não tem orkut porque não gosta de bisbilhotar a vida dos outros e que se quer falar com um amigo, chama no msn ou liga pra ele. É, old school é o que há.
  Sinceramente, me desculpem aqueles que se sentiram ofendidos com o que eu escrevi aqui. Mas eu quero cutucar onça com vara curta e mostrar o meu ponto de vista. E claramente as palavras de revolta e indignação de uma viciada em internet e em redes sociais. Se você não concorda com o que eu escrevi, ótimo. Liga pro Procon e reclama do produto. Se gostou, melhor ainda. Isso mostra que andamos no mesmo caminho.
  Minha amiga Clara disse que só me achou interesante com o tempo e que se eu fosse interessante à primeira vista, ia ter chato grudando no meu pé. E né que ela tem razão ? Valeu, Clara. Dedico este post a ti.
  Ah, e me adicionem no Orkut e no Facebook, pode ser ?

 

                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário